segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Trilha Sonora I - Pós 'Dia das Bruxas'


Resolvi compartilhar com os amigos e visitantes do Realidade, algumas músicas que têm formado a trilha sonora desses meus últimos dias... Entre altos e baixos, mais baixos que altos, até porque geralmente as músicas têm um quê de "dor de cotovelo" ou algo parecido e em estilos variados, segue então, rs. (Fonte: http://letras.terra.com.br)
Abrçs,

Jenny


Canção pra você viver mais

Nunca pensei um dia chegar
E te ouvir dizer:
Não é por mal
Mas vou te fazer chorar
Hoje vou te fazer chorar

Não tenho muito tempo
Tenho medo de ser um só
Tenho medo de ser só um
Alguém pra se lembrar
Alguém pra se lembrar
Alguém pra se lembrar

Faz um tempo eu quis
Fazer uma canção
Pra você viver mais
Faz um tempo que eu quis
Fazer uma canção
Pra você viver mais

Deixei que tudo desaparecesse
E perto do fim
Não pude mais encontrar
O amor ainda estava lá
O amor ainda estava lá

Faz um tempo eu quis
Fazer uma canção
Pra você viver mais

(Intérpretes: Pato Fú)


Epitáfio

Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe alegria
E a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

(Intérpretes: Titãs / Composição: Sérgio Britto)




Palavras de um futuro bom

Anda!
Enquanto o dia acorda
A gente ama
Tô pronto prá te ouvir
Aqui na cama
Te espero "vamo" rir
De todo mundo
Nesse quarto tão profundo

Pára!
Repara!
Tente ver a tua cara
Contemple esse momento
É coisa rara
Uma emoção assim
Só se compara
A tudo que nós já
Passamos juntos

Preciso tanto
Aproveitar você
Olhar teus olhos
Beijar tua boca
Ouvir palavras
De um futuro bom

Palavras! Palavras!
Palavras de um futuro bom
Palavras! Palavras!

Preciso tanto
Aproveitar você
Beijar teus olhos
Olhar tua boca
Ouvir Palavras
Palavras! Palavras!
De um futuro bom...

(Intérpretes: Jota Quest / Composição: Rogério Flausino)



Nasci para Chorar

Eu levo a minha vida chorando pelo mundo
Talvez até tivesse algum desgosto profundo
Procuro na memória, procuro me lembrar
Mas eu não posso
Nasci para chorar

Se vejo uma garota olhando para mim
E ela me pergunta por que eu sou tão triste assim
Eu fico sem resposta, digo adeus e vou embora
Pois é hora
É hora de chorar

E ainda continuo a felicidade procurando
Mas sempre solidão e a tristeza encontrando
Às vezes desconfio que a alegria é ilusão
E que o amor, não entra no meu coração

Não sei por que razão eu sofro tanto desse jeito
As garotas dizem que ser triste é meu defeito
Eu quero é ser alegre, ter alguém para amar
Mas eu não posso, não posso, nasci para chorar.

(Intérprete: Cássia Eller / Composição: Dion di Mucci / Erasmo Carlos)


Sinônimos

Quanto o tempo o coração, leva pra saber
Que o sinônimo de amar é sofrer
No aroma de amores pode haver espinhos
É como ter mulheres e milhões e ser sozinho
Na solidão de casa, descansar
O sentido da vida, encontrar
Ninguém pode dizer onde a felicidade está

O amor é feito de paixões
E quando perde a razão
Não sabe quem vai machucar
Quem ama nunca sente medo
De contar o seu segredo
Sinônimo de amor é amar

Quem revelará o mistério que tenha fé
E quantos segredos traz o coração de uma mulher
Como é triste a tristeza mendigando um sorriso
Um cego procurando a luz na imensidão do paraíso
Quem tem amor na vida, tem sorte
Quem na fraqueza sabe ser bem mais forte

Ninguém sabe dizer onde a felicidade está
O amor é feito de paixões
E quando perde a razão
Não sabe quem vai machucar
Quem ama nunca sente medo
De contar o seu segredo
Sinônimo de amor é amar

(Composição: Chitãozinho e Xororó / Zé Ramalho)



Não aprendi dizer adeus

Não aprendi dizer adeus

Não sei se vou me acostumar

Olhando assim nos olhos teus
Sei que vai ficar nos meus

A marca desse olhar


Não tenho nada pra dizer

Só o silêncio vai falar por mim

Eu sei guardar a minha dor

Apesar de tanto amor vai ser

Melhor assim


Não aprendi dizer adeus mas
Tenho que aceitar que amores

Vem e vão são aves de Verão

Se tens que me deixar que seja

Então feliz


Não aprendi dizer adeus
Mas deixo você ir sem lágrimas

No olhar, se adeus me machucar

O inverno vai passar, e apaga a cicatriz.


(Intérpretes: Leandro e Leonardo / Composição: Joel Marques)



Mais uma Vez


Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior
De endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem
Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende

Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo

Quem acredita sempre alcança

Nunca deixe que lhe digam
Que não vale a pena
Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende


Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo

Quem acredita sempre alcança.

(Intérpretes: 14 Bis / Composição: Flávio Venturini - Renato Russo)


*** Gostaram??? rs

3 comentários:

SUSANA disse...

Gostei (exceto das sertanejas... rsrsrs). Mas não fica triste, não. Ouça Cartola! "A sorrir eu pretendo levar a vida/Pois chorando eu vi a mocidade perdida".
Beijo.

Jenny Faulstich disse...

hehehe, valew parceira!!!

Destaco:

"Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei..."

"Quem acredita sempre alcança"


Abrçs,
Jenny

ps.: Hoje, Enya na idéia!!!
Para relaxar os pensamentos...

Liz Toledo disse...

Sinônimo é clássica... mas aproveitando a sugestão dada pensei tb em um samba canção muito adequado para aqueles momentos "down"...
"Tire seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor. Hoje pra vc eu sou espinho; espinho não machuca a flor. Eu só errei quando juntei minh'alma a tua; o Sol não pode viver perto da Lua."